BEDA #13 | Ela decidiu viver

sábado, agosto 13, 2016

Ela decidiu viver. Viver por ela. Viver para ela. Decidiu deixar de lado tudo o que lhe atrasa a vida. Tudo o que lhe tranca o riso. E quer saber? Ela está ótima. Melhor do que isso. Está feliz. Sente que precisa ir atrás dos seus sonhos ao invés de esperar que eles cheguem até ela. Sente que precisa se arriscar. Precisa cair e levantar. Ela precisa gritar. Correr. Chorar. E, quem sabe, amar. Ela decidiu que, para ela, o tempo seria seu par. E que, apesar de estar longe de casa, ela não iria travar. Travar a felicidade. O sonho. A liberdade de ser quem ela sempre quis. Ela decidiu viver.
Pode até ser que ela tropece pelo caminho. Quem sabe até possa cair. Mas ela não está se importando com isso agora não. O que ela quer é aprender com os erros. Com as quedas. Com os tombos que a vida, com certeza, vai dar. Dizem que é errando que se aprende, e ela decidiu não se importar. Decidiu dizer sim para as aventuras que surgirem pelo caminho e não para a tristeza que insistir em aparecer. Ela sabe que momentos ruins ainda irão existir, sabe que lembranças do passado ainda irão lhe atormentar e a fazer chorar. Mas ela não quer mais borrar a maquiagem por lembranças que não a fazem bem. 

Ela passou a acreditar que se ficou para trás é porque coisas melhores estão por vir e colocou na cabeça que, por mais que ela ainda venha a sentir saudade, não voltará atrás. Não vai sofrer e muito menos se desesperar. Ela decidiu se amar mais, sabe? Decidiu que o importante é gostar dela mesma. Gostar de cada defeito e cada qualidade. É amar seu corpo. Suas curvas. Amar a si própria. E ela percebeu que, a partir disso, sua vida só fez melhorar. Vale à pena, entende? Vale à pena investir em si própria. Vale à pena acreditar nos seus próprios ideais. Seguir os seus próprios planos e não se importar com os quilos à mais. É, ela decidiu viver.

E, apesar de saber que muitos irão julgar seus novos planos, sua nova vida, ela não está pensando nisso. Sabe que independente da escolha que decidir para sua vida, sempre irá surgir alguém para criticar. Então, ela segue seus pensamentos e sonhos. Acreditando sempre que o que realmente importa é viver bem. Feliz. Sem arrependimentos. Sem desesperos. E apesar da correria do cotidiano que sempre vai existir, ela decidiu que nada vai ser mais importante do que o seu bem estar. Mais importante do que a sua paz interior. E quer saber? Ela segue vivendo. E ela está ótima. 

Leia Também

4 comentários

  1. Meu Deus, que lindo texto :D.
    Você descreveu tudo que eu tenho sentido ultimamente.
    Porque eu simplesmente decidi viver. Porque ficar pensando, e vivendo nos problemas é perda de tempo. Se for pra errar, erro, mas como disse no texto, é errando que se aprende.
    Lindo layout *o*.
    Beijos.
    http://era--umavez.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn ❤ tão bom ler isso, sério. Temos que viver mesmo, sem preocupações, sem paranóias. Só viver. Sem medo de errar. Sem medo de tropeçar e cair. Essas coisas fazem parte e nem por isso devemos abaixar a cabeça ou desistir de continuar vivendo por nós e para nossa felicidade. ❤ Fico feliz que tenha gostado. Beijos *-*

      Excluir
  2. Oie!!! Adorei sua postagem :)
    Estou sempre por aqui acompanhando...

    Te marquei em uma TAG lá no meu blog *-*
    http://www.acheierabisquei.com.br/2016/08/tag-de-tudo-um-pouco.html

    Beijos
    Fran
    Achei e Rabisquei

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada mais uma vez por ter me indicado!! ❤ E que bom que acompanha, fico feliz!!

      Excluir

Seu comentário é muito importante, e um grande incentivo!!
Então, se leu e gostou, deixe um comentário para que eu saiba!!
Agradecida, desde já.

Subscribe